JAGUAR MAGAZINE #07

  • Jaguar
  • Revista
  • Wang
  • Arte
  • Villanelle
  • Portland
David Gandy e seu XK120 brilham no bairro criativo de Londres | Como a caridade In Place of War leva criatividade em zonas de conflito | Designer de interiores Joyce Wang conta sobre as últimas tendências de luxo | O ano de maior sucesso da Panasonic Jaguar Racing na Fórmula E | Conheça o novo diretor de design Julian Thomson

Destaques gastronômicos

Destaques gastronômicos (No sentido horário da esquerda) kanom krok do Laangban, cestos de arroz crocante com creme de coco galangal e ceviche de vieira; Churchgate Station; salmão mi-cuit no Le Pigeon, com nectarinas, tomates, palmitos e vinagrete nori; Gabriel Rucker comunidade. Portland tem um espírito pioneiro. É um lugar curioso e faminto, cheio de pessoas criativas e independentes atraídas pelo que é diferente.” Aqui, ela encontrou a oportunidade perfeita para abrir seu próprio negócio, onde ela poderia servir tortas e suflês de limão com petiscos salgados, como smørbrød e esturjão assado. “Parecia o lugar perfeito para abrir minha lanchonete Francesa-Norueguesa”, diz ela. “Eu abri sem pretensão, felizmente, Maurice foi bem-vinda e agora se tornou minha casa.” fabricando, cervejas sazonais com tudo, desde frutas decaroço até flordeanjo. Mas comer em Portland nem sempre foi tão legal. Quando me mudei para a cidade em 2005, a nossa culinária era bem pobre. Agora, é difícil acompanhar. Como esta cidade arborizada cheia de pontes conseguiu se tornar um destino tão procurado com tanta criatividade culinária? Cultura do café Da chef Kirsten Murray, Maurice, no centro de Portland, é uma joia rara do café, um oásis de calma no núcleo urbano da cidade. Murray veio para Portland em 2008, com estrelas Michelin no currículo, que inclui o Gramercy Tavern e o Aquavit em Manhattan e passagens pela Alsácia com a famosa chef de confeitaria Christine Ferber. Apesar do ambicioso restaurante que a recrutou ser fácil de esquecer , suas sobremesas não eram, e a chef graciosa e muita talentosa rapidamente encontrou um público fiel. Ao dirigir um I-PACE elétrico da Jaguar em toda a cidade, chego a tempo de um chá de Ceilão e uma fatia de quiche deliciosa. Murray me diz as razões que ela decidiu ficar em Portland: “Eu me apaixonei pela Apelo global De volta à direção, atravesso o rio para conhecer John Gorham, um chef que tem sido instrumental na construção da reputação culinária de Portland. O I-PACE mostra imensa agilidade enquanto dirijo para o leste em direção à Hawthorne Bridge. Das 12 pontes acessíveis de carro ou de ônibus da cidade que atravessam o rio Willamette, a Hawthorne é a mais antiga, com 109 anos, e uma das quatro que levantam para passar barcos. Em carros menores, as grades de metal do asfalto tornam a viagem turbulenta, mas ; um toque do pedal e o I-PACE passa por um ônibus TriMet pesado em segundos. Tasty n Daughters é inspirado nas tavernas americanas, um espaço íntimo, com painéis escuros iluminados por amplos eixos de luz natural. Ao entrar no restaurante, o aroma de alho e tomate assando toma o local, complementado pelo barulho de bebidas sendo misturadas, e as conversas dos clientes. O menu é uma mistura internacional de comida reconfortante - shakshuka marroquina e pide turco com frango frito crocante dentro de biscoitos do Sul. É um menu sem limites, integrados por um tema comum de ingredientes locais frescos e perfumados. O restaurante é uma re-marca do bem-sucedido mas fechado Tasty n sons, e parte do império de nove restaurantes que Gorham e sua esposa Renee têm. Gorham passou por muitas coisas desde a sua chegada no início de 2000, quando a primeira onda de chefs vieram para Portland, prontos para dominar a cidade com tudo que suas credenciais poderiam oferecer. “Muita dessa criatividade foi o resultado do mercado imobiliário estar subvalorizado”, diz Gorham. “Era fácil ter uma ideia e executar sem investidores - as ideias criativas dos chefs eram mais diretas. Quanto mais sócios você tem, mais criatividade você sufoca.” Aluguel barato e licenças de bebidas baratas, além de muitos produtos frescos disponíveis, fizeram de 24 / 5GXKUVC -CIWCT

9KCIGO *QUVQ SWCPFQ CU RGUUQCU FK\GO Ņ8CW KUUQ EQOKFC KPFKCPC"ņ Troy MacLarty 5GXKUVC -CIWCT / 25

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE #07

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

A biblioteca

JAGUAR MAGAZINE #07
THE JAGUAR 06
THE JAGUAR 05
THE JAGUAR 04
The Jaguar 03
The Jaguar 02
The Jaguar 01

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2016

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.