Views
2 months ago

JAGUAR MAGAZINE #07

  • Text
  • Jaguar
  • Revista
  • Wang
  • Arte
  • Villanelle
  • Portland
David Dandy e seu XK120 brilham no bairro criativo de Londres | Como a caridade In Place of War leva criatividade em zonas de conflito | Designer de interiores Joyce Wang conta sobre as últimas tendências de luxo | O ano de maior sucesso da Panasonic Jaguar Racing na Fórmula E | Conheça o novo diretor de design Julian Thomson

Uma menina descalça

Uma menina descalça dança no salão do terraço de um restaurante com listras de latão, em seguida, passa por bancos customizados de couro antes de refrescar suas mãos sobre uma pia de mármore vermelho que ainda está conectada a um pedaço de pedra rústica na qual ela foi esculpida. Essa é a história visual única que define o estilo do hotel, restaurante e trabalho residencial da designer de interiores de Hong Kong Joyce Wang em seu website. Naturalmente, ela tem os pés no chão quando nos falamos, mas é seu compromisso rigoroso que revela o inesperado dentro dos materiais luxuosos que a colocaram poderosamente no estágio do design internacional atual. Com projetos de design suntuosos que vão desde o Mandarin Oriental em Londres e clubes privados Equinox, até os famosos restaurantes Mott 32 em todo o mundo e coberturas em prédios residenciais, Wang estabeleceu um nível elevado para gastronomia moderna e uma vida boa. “Você tem que saber viver e aproveitar a vida para entender o que é luxo”, observa. Seus espaços elegantemente concebidos podem diferir em tamanho e função, mas eles estão todos unidos por uma riqueza na história cultural, fiel à sua localização. “Nunca ouvi isso antes”, diz ela. “Mas eu gosto dessa descrição.” E é verdade. Inspirada nas vistas do parque das janelas da cobertura do Mandarin Oriental, Wang utilizou papel de parede de cortiça com lascas de folhas para ecoar as árvores lá de fora e, em Hong Kong, o bar do subsolo do premiado Mott 32 é inspirado em um boticário chinês, correntes metálicas se referindo a história da região de uma vila de pescadores e propaganda de graffiti pelo patrimônio político da colônia. Com tal sensibilidade à história e cultura, não é nenhuma surpresa que Wang cresceu amando tanto design e antiguidades, com um apetite para viagens. Nascida em Honolulu de pais de Xangai, sua família se mudou para Hong Kong antes dela ir para um internato no Reino Unido, e depois para uma Universidade em Boston, nos EUA, e finalmente um mestrado no Royal College of Art. 34 / Revista Jaguar

Design Ambição grandiosa O restaurante Mott 32 com 242 lugares, no piso do casino do Palazzo no Venetian em Las Vegas, une o estilo industrial de Nova York com elementos imperiais chineses Ela então mudou-se para LA por dois anos, e foi aqui que ela trabalhou em sua primeira grande comissão -redecorando o interior do Hotel Roosevelt na Hollywood Boulevard. Wang acredita que isso a definiu. “Isso me fez pensar diferente, ampliou minha imaginação e o uso de materiais diferentes”, explica ela. “As pessoas em LA pensam de forma diferente das pessoas em Hong Kong e eu tive que entendê-las. Qual era o estilo de vida delas? Com o que estavam obcecados? Em que tipo de casas eles queria morar? Isso foi o que me interessou. Foi este desejo de entrar na pele de seus clientes e dos clientes deles que impulsionou Wang a grandes alturas e levou a sua criação do estúdio Wang em 2011, com escritórios em Londres e Hong Kong. “Isso é poder de verdade”, diz ela enfaticamente. “Para ser capaz de compreender as pessoas e, a partir disso, criar uma linguagem que os anima” A sua abordagem intuitiva também a tornou sensível às respostas das pessoas aos materiais e à necessidade, numa era tão tecnológica, de textura e honestidade. “O luxo hoje é um sentimento de conforto e privacidade”, explica. “Costumava ser sobre gastos com materiais caros, mas agora algo texturizado e autêntico é um luxo rarefeito.” Ela lamenta a perda de filmes antigos, que eram “corajosos e granulados”, e agora é tudo de alta definição, macio e liso, e sente que o mesmo está acontecendo em outras áreas da criatividade. Isso explica o foco que Wang tem nas matérias-primas que ela usa repetidas vezes em seus projetos e, em particular, seu caso de amor com o metal. “Eu amo usar metal, mas de uma forma suave”, ela diz de seus projetos para um apartamento de três andares de Xangai, que apresenta uma espetacular escada circular usando cinco quilômetros de cabeamento para os balaústres. Na verdade, Wang utilizou três tipos de metais no projeto - chapa metálica, metal resistido e cabeamento -usando chapa dobrada para decorar uma escada em curva até o telhado e forrou as paredes com lâminas finas de aço corten. Parece forte e implacável? O resultado é super suave e a leveza do toque de Wang torna o espaço sensual e feminino de uma forma totalmente neutra. » Revista Jaguar / 35

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE #07

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

A biblioteca

JAGUAR MAGAZINE #07
THE JAGUAR 06
THE JAGUAR 05
THE JAGUAR 04
The Jaguar 03
The Jaguar 02
The Jaguar 01

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2016

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.