THE JAGUAR 06

  • Tecnologia
  • Sagmeister
  • Jaguar
Às vezes provocativo, sempre criativo: conheça o designer gráfico Stefan Sagmeister | Os artesãos de madeira britânicos trazem uma nova dimensão para uma habilidade antiga | Experimente as delícias da culinária do chef com estrelas Michelin Paul Pairet em Shanghai | Veja como Iris van Herpen está redefinindo a tecnologia da moda | Viaje no tempo para uma cidade futurista em Seoul

LEFT XXXXX PHOTOGRAPHY:

LEFT XXXXX PHOTOGRAPHY: LKJDÄLKJDF KJLÄKJ ÖÄÖK ; DFÄÖLKJÄLKDJ ÖÄDFÖÄ (2) 74 THE JAGUAR

MOTORSPORT Dirigido por uma motorista profissional em uma pista fechada. Não tente fazer isso. Célia Martin admite que sua carreira no automobilismo quando podia para dirigir meu carro, e também fazia vários é pouco convencional. "Sou jovem, sou inexperiente. trabalhos para uma equipe de corrida local." Com seu salário Certamente não tenho experiência com corrida na gestão de recursos, ela decidiu criar sua própria equipe de clássica", diz ela. "Mas aprendi a encontrar o meu corrida: "Eu estava fazendo tudo, exceto pilotar. Eu assistia a caminho e é isso que me faz diferente. A Jaguar entendeu isso.” corrida de outras pessoas - foi quando tive a certeza que era A mulher de 27 anos está no meio de sua primeira o que eu queria. " temporada como pilota de corridas, para a Equipe Alemã da Com seus 20 anos, Martin se apaixonou pelo notório Viessman no novo Campeonato eTROPHY do Jaguar I-PACE. Nordschleife de Nürburgring. Ela dirigia até a Alemanha central O campeonato tem 20 carros de corrida Jaguar I-PACE todo no fim de semana e corria o maior número de voltas da pista elétrico na competição. Como eles têm detalhes idênticos, de 20km possível. "Para mim, é a mistura perfeita de pista de o motorista e táticas da equipe são decisivos. Escolher a rali e circuito de corrida", diz ela. "É incrivelmente exigente, Martin pode ter parecido uma jogada ousada, mas a Jaguar mas também lhe dá um senso de liberdade absoluta." foi perfeitamente instruída em reconhecer seu potencial. É também o lar de eventos de corrida e um local de teste Porque quando não compete, Martin trabalha como pilota popular para os fabricantes. Para Martin, era o lugar certo no centro de testes de Nürburgring da Jaguar Land Rover. Ela para conquistar seu sonho de ser pilota de corrida. "Então, também dirige o Jaguar Race Taxi, levando passageiros pelo deixei tudo para trás na França e me mudei para a Alemanha famoso circuito a 240km/h no XE SV Project 8. em 2017", diz ela. "Claro, foi um risco - eu não tinha emprego, É bem diferente da carreira de gestão de recursos que ela não falava a língua - mas eu sabia que podia me destacar. deixou para trás na França para ir atrás do seu sonho. Ninguém tinha a minha experiência, minha história. "Eu não era uma daquelas crianças que começou no kart jovem Martin pegou as licenças de corrida e começou a dirigir e progrediu a partir daí - a minha família não podia pagar", diz no Campeonato de Nürburgrin de Resistência da VLN, onde ela. "Minhas experiências como pilota foi com o Willys do meu chamou a atenção da Jaguar: "Eles convidaram um grupo pai que ele usava em corridas de teste Off-Road." de pilotos para fazer testes. Acho que a minha falta de Pode não ter dado a ela um gostinho da velocidade, mas experiência ajudou: Não estava competindo com os outros, sentar no volante lhe deu um senso de liberdade. "Eu entrava no estava apenas fazendo o que pratiquei, eu contra a pista. meu mundinho. Era empolgante e relaxante ao mesmo tempo. Depois de trabalhar quase um ano na Jaguar como pilota E essas corridas me mostraram a sensibilidade de um carro. de testes, Martin está ansiosa para finalmente começar a Rapidamente entrei na ciência competir. Sua obsessão por trás da direção – entendi o ÁS DO de melhorar é inequívoca. que fazer, quando e por quê." "Eu preciso treinar muito Quando jovem, no -mental e fisicamente. entanto, Martin priorizou os Manter a forma e resistência estudos. Depois da escola, RALI é importante. Tenho que ela estudou direito, para trabalhar minha manter suas opções de coordenação, e os tempos carreira aberta e também de reação", diz ela. "Sou um como uma forma de pouco perfeccionista. Claro financiar suas corridas. que quero ganhar, mas meu A corrida nunca foi longe, objetivo é aprender no entanto. "Morava perto de e melhorar. O progresso uma pista de corrida em é tudo. Se eu melhorar, Bordeaux e tentava ir lá os resultados virão." Do eTROPHY elétrico ao desempenho V8, a pilota de corrida da Jaguar Célia Martin foca em ir além de seus limites. Traçamos sua jornada da faculdade de direito até as corridas HISTÓRIA: Geoff Poulton FOTOGRAFIA: Gene Glover THE JAGUAR 75

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2020

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.