The Jaguar 01

  • Jaguar
  • Carro
  • Anos
  • Corrida
  • Apenas
  • Ainda
  • Carros
  • Cidade
  • Nova
  • Corridas
Neste número, voltamos ao automobilismo de alto nível de uma forma pouco convencional e aceleramos o desenvolvimento de trens de força elétricos. Além disso, apresentamos o veículo Jaguar I-PACE Concept - um novo modelo revolucionário, já disponível para reserva, para entrega em 2018.

XXXXXXXX 72 THE

XXXXXXXX 72 THE JAGUAR

um retrato vivo da América dos cartões postais. O ponto alto é um café que teria sido uma farmácia no passado, ainda com um balcão e uma estante de xaropes. Saindo de Clifton, a caminho de Austin, surge uma série de viadutos. Além de ser um fantástico carro de viagem, o F-TYPE SVR é excepcional no que diz respeito a se fazer ouvir. Tal como qualquer outro modelo F-TYPE, ele tem um escapamento dos sonhos. Reduza uma ou duas marchas e mantenha as rotações acima de 3000rpm, solte devagar, sem largar de todo, e ouça o pop-pop-pop-pop. Simples. Único. É muito agradável, ainda que um pouco bobo. Eu me sinto como uma criança. Amo este carro. Parece que quase todo gramado rural malcuidado do Texas foi decorado, com aval político, em plástico ondulado. A cada quilômetro, ao longo das vias secundárias das FMs, via-se palavras de apoio a Trump/Pence, em tamanhos que variavam do minúsculo até grandes demais. Placas de apoio a Hillary Clinton eram menos comuns. Grafiteiros com senso de humor faziam alterações sarcásticas, alertando que a candidata democrata seria mais adequada à “PRISÃO” do que à “presidência”. Era um momento no mínimo exaustivo em termos políticos: uma combinação preocupante da incerteza da votação do Brexit, no Reino Unido, e de uma mentalidade norte-americana da era da Secessão. Ninguém estava falando de política, de fato, mas era certo que o tema estava na mente das pessoas. Como lidar com o que você encontra em Austin, a capital do estado e o centro para tudo que há de reluzente e contemporâneo no Texas? Há caminhões de taco com filas dobrando a esquina; cafés com Wi-Fi com senha e frequentadores com barbas recémaparadas; empresas de software que parecem não fazer nada; um festival a cada dois dias; e um contingente cada vez maior de moradores de rua vivendo onde podem. A cidade está crescendo em um ritmo insano, mas, ao contrário de Dallas, seu crescimento é de dentro para fora. Pegue um táxi Como qualquer outro F-type, este também conta com o escapamento dos sonhos Capitólio do Estado em Austin (acima, à esquerda) e Sam Houston, que integrou o Texas aos Estados Unidos (, à esquerda). O famoso churrasco de Salt Lick (acima) (ou um riquixá) e o motorista falará casualmente com você sobre pessoas chegando e mudando a cidade. A mudança é natural. Austin está tendo dificuldades em lidar com isso, sem nunca saber ao certo o que é novo ou grande o suficiente. No meio de toda a novidade, o edifício do Capitólio do Estado do Texas continua a ser uma joia rara. O edifício comemora seu 128º aniversário este ano. Ao seguir pela South Congress Avenue abaixo, olhando para o centro, o edifício se destaca entre os novos prédios envidraçados que são construídos a cada minuto. Você começa a se perguntar sobre o tempo em que ele foi moderno e desfruta a beleza do Texas de outrora. Austin se transformou em algo entre a atitude “sirva-me agora” do Vale do Silício e a paisagem descuidada de Los Angeles. Durante um período, Austin era considerada um bastião de expressão liberal no estado republicano do Texas. O clima agora é mais o de uma sociedade descartável, ainda que firmemente comprometida com a reciclagem. Embora o propósito desta jornada fosse viajar lentamente, era difícil ignorar alguns dos mais altos limites de velocidade da nação nas rodovias com pedágio ao redor de Austin. O F-TYPE SVR não apresenta nenhum sinal de esforço ao atingir 128 km/h. Austin é também a cidade que abriga o Circuito das Américas, a casa dos Estados Unidos para a Fórmula 1. A peregrinação aqui é uma obrigação. Faça o passeio, se você puder, ou veja se consegue chegar mais perto. A estrada de Austin para San Antonio é curta, porém solitária, e parece durar para sempre. Você pode pegar a Interestadual e dirigir por cerca de uma hora e fazer a conexão, ou desviar ao longo das estradas secundárias de pista dupla. Não importa qual seja o caminho escolhido, o cenário é banal, com calçadas rachadas e cercado de vegetação decadente por ambos os lados. O limite de velocidade, no entanto, ainda é razoável. A cerca de um quarto do caminho entre as duas cidades, no vilarejo de Driftwood, encontramos o Salt Lick, um santuário para os devotos fiéis do churrasco. Você sente o cheiro de nogueira e fumaça bem antes de seus THE JAGUAR 73

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2020

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.