The Jaguar 03

  • Jaguar
  • Carro
  • Linha
  • Melhor
  • Anos
  • Carros
  • Corrida
  • Mundo
  • Cidade
  • Nova
O último número da revista The Jaguar apresenta o nosso novo “filhote”, o E-PACE, um esportivo prático e compacto que já chama a atenção nas ruas. À medida que nos comprometemos com a eletrificação de todos os automóveis Jaguar a partir de 2020, analisamos como a superação de limites nas pistas ajuda a desenvolver nossos esportivos, quer seja fazendo história no automobilismo em Le Mans ou encarando Nürburgring com o radical XE SV Project 8 e utilizando a tecnologia de última geração no Campeonato de Fórmula E da FIA.

MACH 2 O elegante nariz

MACH 2 O elegante nariz do Concorde foi projetado para inclinar-se permitindo que os pilotos visualizem a pista na decolagem e no pouso FOTOGRAFIA: UNITED ARCHIVES / IMAGO 66 THE JAGUAR

EMOÇÃO SUPERSÔNICA POR 28 ANOS O CONCORDE DESAFIOU O RELÓGIO SUPERANDO A VELOCIDADE DO SOM E POUSANDO EM SEU DESTINO ANTES DE DECOLAR. A START-UP AMERICANA BOOM TECHNOLOGY ACREDITA QUE O MUNDO ESTÁ PRONTO PARA VOLTAR À VIAGEM NO TEMPO TEXTO: Paul Entwistle U ma das aeronaves civis mais bonitas e sem dúvida uma das mais potentes já construídas voou pela primeira vez em 2 de março de 1969. Desenvolvido em conjunto pela Grã Bretanha e França, o Concorde era uma obra prima da tecnologia e do design. Ele revolucionou o transporte aéreo da noite para o dia, reduzindo pela metade o tempo entre a Europa e a América do Norte. O Concorde começou a operar em janeiro de 1976. Com a capacidade de manter o voo supersônico, ele cruzava os ares a 2.170 km/h (mais do que o dobro da velocidade do som) em altitudes próximas à estratosfera. A operação do Concorde era cara, uma crítica que seus adeptos negam veementemente, argumentando que nos últimos meses de operação do Concorde, a British A i r w a y s e s t a v a n a v e r d a d e l u c r a n d o c o m s u a f r o t a d e aviões comerciais supersônicos. E mais, nos anos iniciais do século XXI, uma aeronave que consumia uma tonelada de combustível para cada um de seus 128 passageiros que cruzavam o Atlântico não era considerada ecologicamente correta nem era de fato economicamente viável. Na última década e meia a viagem aérea supersônica não estava mais à disposição dos passageiros. Em uma época em que os aviões comerciais se parecem com ô n i b u s e a p r e s e n t a m m o d e l o s m u i t o s i m i l a r e s , n ã o importa onde sejam construídos, a combinação exclusiva de força e graça que era o Concorde está fazendo falta em nossos céus. Não por muito tempo. Desde que o Concorde operou pela última vez em 2003, restou aos passageiros a mono- THE JAGUAR 67

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2020

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.