THE JAGUAR 04

  • Jaguar
  • Carro
  • Anos
  • Carga
  • Autonomia
  • Desempenho
  • Mundo
  • Tecnologia
  • Tudo
  • Arte
Uma incrível viagem à bordo do elétrico Jaguar I-PACE em Portugal | Entrevistas exclusivas sobre a criação do revolucionário I-PACE | Reinventando um clássico: E-TYPE Concept Zero | Os 50 anos do icônico sedã Jaguar XJ | Uma entrevista exclusiva com a estrala do tênis Johanna Konta | Os computadores são capazes de revolucionar a arte ?

2009 X351 Primeiro XJ a

2009 X351 Primeiro XJ a corresponder plenamente à visão de design de Ian Callum, o X351 tinha um teto traseiro de perfil inclinado que o distinguia como um carro mais parecido com um coupé de quatro portas do que com um sedã. Seu novo visual estava em sintonia com o XF, versão menor lançada havia pouco tempo, e ele incluía pela primeira vez um painel do motorista totalmente em LCD. Também em 2009, o designer de produtos Sir James Dyson revelava seu lindo e funcionalmente genial Dyson Air Multiplier, um ventilador sem pás que aperfeiçoava as versões anteriores com um design engenhoso que puxa mais ar para “multiplicar” o efeito e criar um fluxo de ar de quase 90 km/h. Igualmente aerodinâmico, o X351 tem também velocidade máxima superior à de qualquer um de seus irmãos mais velhos... 2002 X350 O X350 2002 trouxe ótimas notícias relacionadas a seu design, mantendo-se, ao mesmo tempo, fiel aos princípios de seus predecessores. Uma grande novidade era a leve e avançada carroceria de alumínio, motivo de a marca ter decidido revelar o carro em Paris sem pintura, mas bastante polido. Um ano depois, na mesma estrada de Coventry onde fica a sede da Jaguar, a mundialmente famosa loja de departamentos Selfridges abriu uma unidade no remodelado Bullring de Birmingham, exibindo o mesmo metal de forma também um tanto explícita. Projetado pelo escritório de arquitetura Future Systems e revestido de 15.000 discos de alumínio, o edifício ganhou o prêmio RIBA de Arquitetura em 2004. FOTOS: DYSON; GETTY IMAGES/MICHAEL BETTS; PAPA FOXTROTT 76 THE JAGUAR

2017 E 2018 XJR575 E XJ50 Talvez seja cedo demais para avaliar os designs emblemáticos (não veiculares) dos últimos 18 meses, mas, enquanto isso, há muito a dizer sobre as duas versões mais recentes do XJ. O XJR575 2017 é o XJ mais potente criado até hoje e oferece um desempenho inacreditável – ele tem 575 cv de potência à disposição, como o nome indica –, além de agilidade excepcional, controle da carroceria e manobras precisas ao acelerar até a velocidade máxima de 300 km/h. Há também, é claro, a edição de aniversário XJ50 2018, última expressão da habilidade, inovação e design britânicos que veio para definir eras inteiras da história automotiva. Baseado em sua herança, o XJ50, um verdadeiro marco, mantém essa excelente tradição com sua arquitetura leve de alumínio para maior dinamismo e responsividade na direção, um motor aperfeiçoado e transmissão ultrarrápida, além, é claro, do interior composto de maneira impecável, que reflete sublimemente o estilo, conforto e elegância característicos do XJ. Do lado de fora, o XJ50 conta com para-choques dianteiro e traseiro ao estilo do Autobiography, novas rodas Venom de 20 polegadas, grade dianteira preta e emblemas exclusivos nos respiros traseiros e laterais. Modernizada, a cabine também tem todas as vantagens das tecnologias de ponta exatamente onde você precisa delas. O sistema de infoentretenimento integrado Touch Pro, com sua altamente intuitiva tela de 10 polegadas sensível ao toque, atua como centro de comando do XJ, reagindo aos conhecidos gestos usados em smartphones e tablets, enquanto um painel virtual TFT de 12,3 polegadas e alta resolução substitui o painel convencional. Por fim, o Wi-Fi 4G incorporado na parte da frente e as duas telas traseiras dobráveis de 10 polegadas, que são opcionais para o banco de trás, garantem que uma viagem no XJ50 ofereça tanto entretenimento e conforto quanto oferece de emoção. Disponível com chassi longo e curto, mas sempre com o distinto design de quatro portas semelhante ao de um coupé e o inconfundível elemento gráfico “duplo J” nos faróis, ainda hoje não há nada que se pareça com ele. Muita coisa mudou desde o XJ original, lá atrás, em 1968 – mas o Série 1 e o XJ50 estão indissociavelmente ligados um ao outro por suas respectivas interpretações dos valores verdadeiramente atemporais da Jaguar. Luxo, beleza e potência, sem dúvida. “ O SÉRIE 1 E O XJ50 ESTÃO INDISSOCIAVELMENTE LIGADOS UM AO OUTRO POR SUAS RESPECTIVAS INTERPRETAÇÕES DOS VALORES VERDADEIRAMENTE ATEMPORAIS DA JAGUAR.” Para saber mais sobre o XJ50 e suas características singularíssimas, visite jaguar.com THE JAGUAR 77

 

JAGUAR

JAGUAR MAGAZINE

 

A REVISTA JAGUAR celebra a criatividade em todas as suas formas, com características que inspiram emoção sensorial, do design sedutor até a tecnologia de ponta.

A edição mais recente apresenta algumas pessoas inspiradoras: de Luke Jennings, criador de Villanelle, uma das personagens mais interessantes dos últimos tempos, a Marcus Du Sautoy, que fala se a inteligência artificial está à beira de se tornar criativa. Na estrada, visitamos os EUA para explorar o paraíso gastronômico de Portland em um Jaguar I-PACE, levamos um Jaguar XE ao sul da França para uma visão de fotógrafo da charmosa cidade de Arles, e muito mais.

Na cidade somos todos pedestres.

© JAGUAR LAND ROVER LIMITED 2020

Registered Office: Abbey Road, Whitley, Coventry CV3 4LF
Registered in England No: 1672070
Os números referentes ao consumo de combustível são resultado de testes oficiais do fabricante em acordo com as leis da UE, possuindo função puramente comparativa. O consumo efetivo de um veículo pode diferir dos alcançados em tais testes.